Fatores de risco

Os genes vêm determinados desde que nascemos e não podemos fazer nada para os modificar, mas podemos ter atitudes e comportamentos que aumentem ou diminuam a probabilidade de sofrer da doença. De facto, 90% dos cancros são provocados por fatores externos – fatores que aumentam a probabilidade de sofrer de cancro, como já se demonstrou.

Independentemente de ser uma pessoa saudável ou de lhe ter sido diagnosticado um cancro, é conveniente que saiba quais são os fatores, de forma a poder evitá-los:

Tabagismo: É o fator de risco mais importante, já que é responsável por um terço das mortes por cancro. É a primeira causa do cancro do pulmão, também influenciando negativamente o surgimento de outros tipos de cancro, como o da cabeça e pescoço, o do esófago, o do estômago, o da bexiga ou o do pâncreas;

Álcool: Beber álcool em excesso pode incrementar o risco de alguns tipos de cancro, como o cancro da cabeça e pescoço, o da laringe e o do esófago. Se, para além de consumir demasiado álcool, a pessoa é também fumadora, este risco aumenta;

Dieta e exercício: Uma dieta pobre ou insuficiente, assim como a falta ou a ausência de exercício físico, são dois fatores que incrementam o risco de sofrer de cancro. Está demonstrado que o excesso de peso ou a obesidade aumenta as possibilidades de padecer de cancro da mama, do cólon, do esófago, do pâncreas ou do rim;

Agentes químicos: Alguns agentes químicos têm sido associados a um maior risco de cancro. Entre estes encontra-se o amianto (presente nos materiais de construção e isolantes), os benzenos (presentes em petróleos), o gás rádon (presente em granitos e minas de carvão) e as naftilaminas;

Radiações: A exposição prolongada e intensa a radiações, como a ultravioleta, os raios-X ou as eletromagnéticas de baixa frequência também podem aumentar a probabilidade de vir a sofrer de cancro;

Infeções virais: Alguns vírus estão relacionados com o aparecimento de cancro, como o papiloma vírus humano (HPV), transmitido por via sexual e que é o causador de alguns tipos de cancro do colo do útero e da orofaringe;

Conhecer estes fatores de risco ajudá-lo-á a poder alterar aqueles hábitos prejudiciais que possa ter, como o tabaco ou o álcool.



Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Merck Sharp & Dohme Corp.,uma subsidiária da Merck & Co., Inc. Kenilworth, NJ, USA, conhecida fora dos EUA e Canadá como MSD. Os conteúdos disponibilizados nesta página
Web são informação de carácter geral e não substituem em nenhum caso as consultas, tratamentos ou as recomendações do seu médico. ONCO-1250257-0000 03/2018