O que precisa saber sobre Biomarcadores

imunoterapia - cancro online

O que precisa saber sobre Biomarcadores

A investigação científica identificou muitos tipos de cancro em que a presença de biomarcadores se tornou essencial para o determinação do diagnóstico e tratamento.

Sabendo que diferentes tumores apresentam diferentes biomarcadores, o caso do cancro do pulmão é um bom exemplo em que a utilização de biomarcadores se tornou uma realidade incontornável.

Os Biomarcadores encontrados com mais frequência no cancro do pulmão de células não-pequenas são:

Imunoterapia - Biomarcadores mais frequentes no Cancro do Pulmão de células não-pequenas

Importância dos Biomarcadores

Os Biomarcadores são importantes porque podem ajudar os clínicos a:

Imunoterapia - Importância dos Biomarcadores

Determinação de Biomarcadores

Existem 4 passos cruciais na determinação de Biomarcadores:

Imunoterapia - Determinção de Biomarcadores

Medir os Biomarcadores

Os Biomarcadores podem ser medidos, sendo que existem três tipos de testes de Biomarcador:

CROMOSSÓMICO

Teste Biomarcador Cromossómico

Identifica alterações anormais nos cromossomas

GENÉTICO

Teste Biomarcador Genético

Localiza cópias extra de genes, genes desaparecidos ou incorretamente alocados

BIOQUÍMICO

Teste Biomarcador Bioquímico

Determina se existem proteínas em excesso ou se as proteínas estão hiperestimuladas

msd Com o apoio de: Liga Portuguesa contra o cancro Associação de enfermagem oncológica Portuguesa Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro