cancro da bexiga - quimioterapia

O que pode acontecer após um tratamento
com quimioterapia

As reações adversas da quimioterapia são frequentes mas atualmente podem ser controladas usando as medidas de suporte adequadas.  As reações adversas vão depender do medicamento utilizado, da dose e do próprio doente. As reações adversas são mais graves quando a quimioterapia é administrada por via endovenosa comparativamente quando é administrada directamente na bexiga (tratamento intravesical).

A listagem seguinte apresenta as reações adversas que podem acontecer com alguns regimes de quimioterapia utilizados em cancro da bexiga sendo que a sua frequência e intensidade dependem do regime com que são utilizados.

As principais reações adversas incluem:

  • Queda de cabelo ou cabelo mais fino
  • Anemia, hemorragias ou maior tendência para hematomas e infeções
  • Cansaço
  • Enjoos
  • Feridas ou úlceras na boca
  • Alterações no paladar
  • Diarreia
  • Maior sensibilidade à luz
  • Alterações nos rins
  • Perda de audição

msd Com o apoio de: Associação de enfermagem oncológica Portuguesa Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro Associação Portuguesa de Urologia Europacolon Portugal – Apoio ao Doente com Cancro Digestivo Grupo Português Génito-Urinário Liga Portuguesa contra o cancro Sociedade Portuguesa de Anatomia Patológica