cancro da cabeça e pescoço - cancro online

Cancro da Boca e Lábios

O cancro da boca e lábios é uma doença em que as células malignas se formam na boca ou lábio. O tabaco e o álcool podem aumentar o risco deste tipo de cancro. Os sinais de cancro nestas localizações incluem feridas ou tumor na boca ou lábio. Para detecção, diagnóstico e estadiamento são utilizados testes que examinam boca e garganta. Há factores que afectam o prognóstico (possibilidade de cura) e várias opções de tratamento.

A boca ou cavidade oral inclui as seguintes partes:

  1. A porção (dois terços) mais à frente da língua;
  2. As gengivas;
  3. Revestimento interior das bochechas (mucosa bucal);
  4. A parte de baixo (pavimento) da boca sob a língua;
  5. O céu da boca (palato duro);
  6. A pequena área atrás dos dentes do sizo (trígono retromolar).

A maioria dos cancros do lábio e da boca começa nas células escamosas, as células finas e achatadas que revestem os lábios e cavidade oral. São os chamados carcinomas de células escamosas, cujas células se podem espalhar aos tecidos mais profundos. Os carcinomas escamosos habitualmente surgem em áreas com manchas brancas que não desaparecem (leucoplasia).

Os fatores de risco para cancro da boca e lábios incluem:

  • Consumo de tabaco;
  • Ingestão de grande quantidade de bebidas alcoólicas;
  • Exposição a luz solar natural ou artificial (como em solários) durante períodos prolongados de tempo;
  • Género masculino.

O cancro dos lábios e boca pode não causar quaisquer sintomas e ser detectado durante um exame dentário de rotina. Os sinais de cancro do lábio e boca podem ser causados tanto por cancro como por outras doenças.

Consulte o seu médico se tiver alguma das seguintes alterações:

  • Ferida no lábio ou boca que não cura;
  • Alto ou espessamento nos lábios, gengivas ou boca;
  • Mancha branca ou vermelha nas gengivas, língua ou revestimento da boca;
  • Hemorragia, dor ou adormecimento no lábio ou boca;
  • Alterações da voz;
  • Dentes a abanar ou dentaduras que deixaram de assentar bem;
  • Dificuldade em mastigar, engolir, mover a língua ou maxilar;
  • Inchaço do maxilar;
  • Dor ou sensação de que algo está preso na garganta.

Para detectar, diagnosticar e estadiar cancros do lábio e cavidade oral são utilizados testes que examinam boca, garganta e cavidade oral.

As opções de tratamento de cancro da boca ou lábio dependem de:

  • Estadio do cancro;
  • Tamanho e localização do tumor no lábio ou cavidade oral;
  • Se o aspecto do doente e a sua capacidade de falar e comer podem ser mantidas;
  • Idade do doente e saúde geral;
  • Os doentes que tiveram cancro do lábio e cavidade oral têm risco aumentado de desenvolver um segundo cancro da cabeça ou pescoço. O seguimento frequente e cuidadoso é muito importante.



Copyright © 2018 Todos os direitos reservados. Merck Sharp & Dohme Corp.,uma subsidiária da Merck & Co., Inc. Kenilworth, NJ, USA, conhecida fora dos EUA e Canadá como MSD. Os conteúdos disponibilizados nesta página
Web são informação de carácter geral e não substituem em nenhum caso as consultas, tratamentos ou as recomendações do seu médico. ONCO-1250257-0000 03/2018