Cancro do Cólon e do Reto Tratamento

Efeitos secundários do tratamento do cancro do intestino

O tratamento do cancro do intestino engloba alguns efeitos secundários o que poderá tornar-se um desconforto para o doente. Fale com o seu médico ou enfermeiro caso tenha algum sintoma que o incomode e seja persistente.

Radioterapia

Durante a radioterapia, podem existir efeitos secundários nos órgãos alvo desta terapêutica, mas também nos órgãos saudáveis que se localizam perto da região que está a ser alvo de radiação.

O risco de ocorrerem efeitos secundários aumenta quando a radioterapia é combinada com outras terapêuticas como a quimioterapia ou a cirurgia.

De uma forma geral os efeitos secundários da radioterapia no aparelho digestivo incluem:

  • Desconforto Retal
  • Diarreia
  • Descarga retal de muco e sangue

Também podem ocorrer, embora mais raramente, efeitos secundários no sistema urinário como:

  • Dor ao urinar
  • Necessidade urgente de urinar
  • Presença de sangue na urina
  • Obstrução do sistema urinário
  • Ulceração ou necrose do revestimento da bexiga

O seu médico irá informá-lo sobre estratégias para prevenir e aliviar ao máximo os efeitos secundários pós-radiação.

Quimioterapia

Os efeitos secundários da quimioterapia são frequentes e dependem dos medicamentos que estejam a ser administrados, da dose e de fatores individuais de cada doente. 

Quais são, então, os sintomas da quimioterapia que é atualmente utilizada para o cancro colorretal:

  • Anemia
  • Hemorragia, equimoses e infeções
  • Fadiga
  • Náuseas e Vómitos
  • Diarreia
  • Úlceras na boca

Esta lista não inclui todos os efeitos secundários possíveis e, como já referido, muitos dos efeitos secundários são específicos do medicamento administrado. Adicionalmente, o seu médico poderá ter necessidade de ajustar o tratamento se ocorrerem efeitos adversos. 

Terapia Dirigida

Tal como outras terapêuticas os efeitos secundários da terapia dirigida variam de medicamento para medicamento. O risco de efeitos secundários aumenta quando se utiliza a terapia dirigida em combinação com a quimioterapia, por exemplo.

Os efeitos secundários mais frequentes dos agentes biológicos utilizados no tratamento do cancro colorretal, também conhecido por cancro do intestino, podem incluir:

  • Erupção acneiforme (aparecimento de acne)
  • Hipomagnesemia (níveis baixo de magnésio)
  • Reações alérgicas
  • Hipertensão
  • Proteinúria
  • Cefaleias 
  • Fadiga 
  • Problemas hepáticos
  • Diarreia 
  • Anemia
  • Hemorragia
  • Erupção cutânea 

Imunoterapia

Tal como qualquer outro tratamento, existem possíveis efeitos secundários associados e é importante estar alerta para os sintomas!

Saiba mais aqui sobre os efeitos adversos que podem acontecer após um tratamento com imunoterapia.

Também pode ouvir a explicação da Dra. Alina Rosinha em relação às principais diferenças entre a quimioterapia e imunoterapia aqui.

Se estiver em tratamento com imunoterapia, consulte o nosso guia.

PT-KEY-00579 05/2021

msd Com o apoio de: Associação de enfermagem oncológica Portuguesa Associação Portuguesa de Luta Contra o Cancro Associação Portuguesa de Urologia Europacolon Portugal – Apoio ao Doente com Cancro Digestivo Grupo Português Génito-Urinário Liga Portuguesa contra o cancro Sociedade Portuguesa de Anatomia Patológica
Audiolivro